Pressione Enter

Como escolher um fundo de investimento?

 

Perguntas frequentes:

Como funciona o fundo DI Advanced?
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa, públicos ou privados, buscando acompanhar a rentabilidade da taxa de juros praticadas no mercado de depósitos interbancários (CDI). Trata-se de uma alternativa conservadora para aplicação de recursos em renda fixa. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1589.pdf

Como funciona o fundo DI Soberano?
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa emitidos pelo Tesouro Nacional, buscando acompanhar a rentabilidade da taxa de juros praticadas no mercado de depósitos interbancários (CDI). Trata-se de uma alternativa conservadora para aplicação de recursos em renda fixa. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_SFSB0057.pdf

Como funciona o fundo Renda Fixa Flexível Ultra? 
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa, públicos ou privados, buscando fornecer rentabilidade atuando de forma ativa nos mercados de juros nominais e reais, com maior flexibilidade para aproveitar as oportunidades em diferentes cenários. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_0240.pdf

Como funciona o fundo Renda Fixa Pré Master?
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa, públicos ou privados. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1232.pdf

Como funciona o fundo Inflação? 
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa, públicos ou privados, que busquem acompanhar o Índice de Mercado Anbima - IMA-B 5. Através desta estratégia, o fundo busca fornecer proteção contra a inflação, já que os títulos na qual o fundo investe acompanham a variação do índice oficial de inflação (IPCA). Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1200.pdf

Como funciona o fundo PB IMA-B 5? 
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa, públicos ou privados, que busquem acompanhar o Índice de Mercado Anbima - IMA-B 5. Através desta estratégia, o fundo busca fornecer proteção contra a inflação, já que os títulos na qual o fundo investe acompanham a variação do índice oficial de inflação (IPCA). Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1443.pdf

Como funciona o fundo Inflação VIP? 
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa, públicos ou privados, que busquem acompanhar o Índice de Mercado Anbima - IMA-B. Através desta estratégia, o fundo busca fornecer proteção contra a inflação, já que os títulos na qual o fundo investe acompanham a variação do índice oficial de inflação (IPCA). Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_SCSB0168.pdf

Como funciona o fundo Vintage? 
O fundo tem por objetivo investir em ativos de renda fixa de crédito privado, ou seja, títulos de dívida emitidos por empresas. Caracteriza-se por ter perfil de risco moderado, buscando maior valorização de suas cotas. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_0665.pdf

Como funciona o fundo Infraestrutura CDI Crédito Privado? 
É um fundo de renda fixa que tem por objetivo investir em debêntures incentivadas, selecionadas de forma criteriosa, onde não há incidência de Imposto de Renda sobre o rendimento. Possui mecanismo de proteção contra as oscilações da curva de juros, ou seja, busca proteger o capital investido contra possíveis desvalorizações dos títulos de renda fixa que compõem a carteira. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1846.pdf

Como funciona o fundo Infraestrutura Inflação Crédito Privado? 
É um fundo de renda fixa que tem por objetivo investir em debêntures incentivadas selecionadas de forma criteriosa, onde não há incidência de Imposto de Renda sobre o rendimento. Não possui mecanismo de proteção contra as oscilações da curva de juros, ou seja, os juros praticados no mercado podem impactar tanto positivamente quanto negativamente nos preços dos títulos de renda fixa que compõem a carteira. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1845.pdf

Como funciona o fundo Cambial Master? 
O fundo busca fornecer ao investidor de forma prática proteção cambial contra a desvalorização do Real frente ao Dólar norte americado. Ou seja, sua estratégia consiste em alocar seus recursos em dólar. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_0052.pdf

Como funciona o fundo Alocação Multiestratégia Crescimento? 
O fundo tem por objetivo investir em fundos de investimento de diferentes gestores do mercado, selecionados de forma criteriosa pela equipe de gestão da Santander Asset Management, combinando a melhor proporção entre três principais estratégias: Macro, Long & Short e Long Biased. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_0428.pdf

Como funciona o fundo Alocação Long & Short?
O fundo tem por objetivo investir em fundos de investimento de diferentes gestores do mercado, selecionados de forma criteriosa pela equipe de gestão da Santander Asset Management, combinando a melhor proporção entre as estratégias Long & Short, arbitragem e estratégias quantitativas, para fornecer diversificação ao investidor. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_0692.pdf

Como funciona o fundo Alocação Multimercado Macro? 
O fundo tem por objetivo investir em fundos de investimento de diferentes gestores do mercado, selecionados de acordo com o cenário econômico de médio e longo prazo. Investe em diversas classes de ativo (renda fixa, renda variável, câmbio, etc) de acordo com a avaliação criteriosa da equipe de gestão da Santander Asset Management. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_0693.pdf

Como funciona o fundo Alocação Multiestratégia Flexível? 
O fundo tem por objetivo investir em fundos de investimento de diferentes gestores do mercado, selecionados de forma criteriosa pela equipe de gestão da Santander Asset Management, combinando a melhor proporção entre as estratégias Macro e Long Biased. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1271.pdf

Como funciona o fundo Alocação Multiestratégia Equilíbrio? 
O fundo tem por objetivo investir em fundos de investimento de diferentes gestores do mercado, selecionados de forma criteriosa pela equipe de gestão da Santander Asset Management, combinando a melhor proporção entre as estratégias Macro e Long & Short. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_SFSB0992.pdf

Como funciona o fundo Portfólio Ativo Multimercado Crescimento Max? 
O fundo tem por objetivo combinar a melhor proporção entre fundos de investimento de diferentes gestores do mercado e o investimento direto em ativos financeiros. Busca oportunidades de longo prazo selecionando estratégias diversificadas nos mercados local e global. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1684.pdf

Como funciona o fundo Star Long & Short Direcional?
O fundo tem por objetivo trazer retorno tanto em momentos de alta quanto de baixa do mercado de ações, através de posições compradas (long) e vendidas (short). Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1576.pdf

Como funciona o fundo Latin American Corporate Bond Reais Investimento no Exterior? 
O fundo tem por objetivo investir, majoritariamente, em ativos de renda fixa emitidos por empresas mexicanas, brasileiras, argentinas e chilenas, ou companhias que tenham mais de 60% de suas receitas provenientes de operações em países da América Latina. Conta com proteção cambial na carteira, buscando mitigar os riscos da variação da cotação do Real frente ao Dólar. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1626.pdf

Como funciona o fundo Global Equities Dólar Master Investimento no Exterior? 
O fundo tem por objetivo investir no mercado de ações global por meio de fundos de diferentes gestores disponíveis no mercado internacional. Este fundo não possui proteção cambial, portanto sua performance está sujeita às variações cambiais de um investimento em dólar. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1315.pdf

Como funciona o fundo Go North American Reais Investimento no Exterior?
Fundo de investimento no exterior de renda varável, com foco no crescimento de capital de longo prazo, ou seja, investe em empresas de alta qualidade nos EUA e Canadá que apresentem vantagens competitivas sustentáveis. A gestão dos ativos da carteira do fundo é realizada pela Morgan Stanley através de uma parceria com o Santander. Conta com proteção cambial na carteira. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_4051.pdf 

Como funciona o fundo Go Global Equity ESG Reais Investimento no Exterior?
Fundo de investimento no exterior em renda variável, com carteira diversificada que investe em empresas de alta qualidade nos principais países do mundo e que apresentem sólidos critérios de sustentabilidade. A gestão dos ativos da carteira do fundo é realizada pela Robeco através de uma parceria com o Santander. Conta com proteção cambial na carteira. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_4052.pdf 

Como funciona o fundo Seleção Crescimento Ações? 
O fundo tem por objetivo investir no mercado de ações, selecionando as empresas e setores através de uma análise criteriosa e aprofundada associada às perspectivas do cenário ecômico nacional e internacional, com o objetivo de identificar ações com alto potencial de valorização. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1693.pdf

Como funciona o fundo Seleção Long Biased? 
O fundo tem por objetivo investir majoritariamente no mercado de ações com viés comprado (capturando a alta do mercado), mantendo posições táticas vendidas (capturando as baixas do mercado) com o objetivo minimizar perdas ou até mesmo obter resultados positivos em momentos adversos de mercado. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1827.pdf

Como funciona o fundo Ethical Ações Sustentabilidade Special?
O fundo tem por objetivo investir no mercado de ações, em empresas que tenham potencial de valorização e sejam associadas a indicadores específicos de ESG (Environmental, Social and Governance), com metodologia global. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_0203.pdf

Como funciona o fundo Alocação Long Biased Ações? 
O fundo tem por objetivo investir em fundos de investimento de diferentes gestores, que investem majoritariamente no mercado de ações com viés comprado (capturando a alta do mercado), mantendo posições táticas vendidas (capturando as baixas do mercado) com o objetivo minimizar perdas ou até mesmo obter resultados positivos em momentos adversos de mercado. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal:https://www.santander.com.br/document/wps/L_1342.pdf

Como funciona o fundo Prev Perfil Moderado? 
Têm por objetivo diversificar os seus investimentos aplicando em diferentes classes de ativos, como renda fixa, moedas, ações, entre outros. A proporção de cada tipo de ativo é determinada de acordo com bandas pré estabelecidas.

Como funciona o fundo Prev PB RF Ativo? 
Fundo com gestão ativa e portfolio composto por títulos Pós fixados, Pré- fixados, e títulos indexados à Inflação (NTN-Bs) combinados de acordo com o comportamento dos ativos e do cenário.

Como funciona o fundo Prev Gestão Ativa? 
Disponibilizados em três modalidades de acordo com o perfil do investidor, estes fundos acessam os melhores gestores do mercado, e ao mesmo tempo fazem alocação direta nos ativos (renda fixa, moedas, crédito privado e renda variável), o que permite maior possibilidade de capturar as oportunidades no mercado, assim como defender a carteira.

Como funciona o fundo Carteira Equilíbrio?
Fundo de investimento que busca replicar a desempenho da carteira modelo do banco para clientes com perfil de investidor conservador ou moderado. Para quem está disposto a correr um pouco de risco e busca equilíbrionas suas alocações com o objetivo de obter resultados diferenciados. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_2000.pdf

Como funciona o fundo Carteira Crescimento?
Fundo de investimento que busca replicar a desempenho da carteira modelo do banco para clientes com perfil de investidor balanceado. Para quem busca crescimentodo do patrimônio investido e entende melhor a exposição aos fatores de riscos dos mercados. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_1999.pdf

Como funciona o fundo Carteira Dinâmico?
Fundo de investimento que busca replicar a desempenho da carteira modelo do banco para clientes com perfil de investidor arrojado ou agressivo. Para quem possui maior tolerância ao risco e busca aproveitar com mais intensidade o dinamismo do mercado para obter resultados expressivos no longo prazo. Conheça mais sobre este fundo acessando a lâmina mensal: https://www.santander.com.br/document/wps/L_2006.pdf

Como funciona o fundo SADI11? 
Fundo imobiliário com gestão pela Santander Asset Management que investe em recebíveis imobiliários. Distribui rendimentos mensais aos cotistas isentos de imposto de renda. Suas cotas são negociadas diretamente na bolsa, acessíveis através de corretora de valores. Conheça mais sobre nossos fundos imbiliários através do site: http://www.santanderassetmanagement.com.br/fisica/pt_PT/fisica/Nossos-produtos/Para-voce/Fundos-de-Investimento-Imobiliario

Como funciona o fundo SARE11?
Fundo imobiliário com gestão pela Santander Asset Management que investe em edifícios comerciais e galpões logísticos de alto padrão. Distribui rendimentos mensais aos cotistas isentos de imposto de renda. Suas cotas são negociadas diretamente na bolsa, acessíveis através de corretora de valores. Conheça mais sobre nossos fundos imbiliários através do site: http://www.santanderassetmanagement.com.br/fisica/pt_PT/fisica/Nossos-produtos/Para-voce/Fundos-de-Investimento-Imobiliario

Qual a diferença entre Fundos Abertos e Fundos Fechados?  
Fundos Abertos
Os Fundos abertos são os mais conhecidos do investidor brasileiro. Nestes, os cotistas podem solicitar o resgate de suas cotas a qualquer tempo. O número de cotas do Fundo é variável, ou seja: quando um cotista aplica, novas cotas são geradas e o administrador compra ativos para o Fundo; quando um cotista resgata, suas cotas desaparecem, e o administrador é obrigado a vender ativos para pagar o resgate. Por este motivo, os Fundos abertos são recomendados para abrigar ativos com liquidez mais alta.

Fundos Fechados
O cotista só pode resgatar suas cotas ao término do prazo de duração do Fundo ou em virtude de sua eventual liquidação. Ainda há a possibilidade de resgate destas cotas caso haja deliberação neste sentido por parte da assembléia geral dos cotistas ou haja esta previsão no regulamento do Fundo. Estes Fundos têm um prazo de vida pré-definido e o cotista, somente, recebe sua aplicação de volta após haver decorrido este prazo, quando então o Fundo é liquidado. Se o cotista quiser seus recursos antes, ele deverá vender suas cotas para algum outro investidor interessado em ingressar no Fundo. Existem alguns Fundos fechados que negociam suas cotas em bolsa de valores, justamente para facilitar negociações deste tipo.

O que é aplicação inicial em fundos? 
A aplicação inicial é o valor mínimo necessário para se investir em um determinado fundo de investimento. Em alguns casos, pode ser considerado o saldo global (saldos dos investimentos já existentes no Banco Santander), não sendo necessário aplicar o valor da aplicação inicial indicada para cada fundo.

O que é resgate mínimo em fundos? 
O resgate mínimo é o valor mínimo aceito para solicitar um resgate no fundo de investimento.

O que é cota? 
Uma cota é uma fração de um fundo de investimento. A soma de todas as cotas compradas pelos investidores resulta no valor do patrimônio de um fundo de investimento. O valor da cota é resultante da divisão do patrimônio líquido do fundo pelo número de cotas existentes.

Quanto tempo demora para o fundo pagar um resgate? Onde eu encontro essa informação? 
As regras de movimentação dos fundos se encontram no regulamento, lâmina de informações essenciais e ficha comercial do produto.
Os fundos possuem regras de cotização e liquidação que variam para cada tipo de movimento, aplicação ou resgate.
No caso das aplicações primeiro ocorre a liquidação (ou débito da conta-corrente) no ato da solicitação (desde que sejam realizadas dentro das regras de horários) e a cotização (conversão do valor financeiro em cotas) é realizada em seguida, variando de acordo com o regulamento do fundo.
Já nos resgates ocorre o fluxo inverso, pois no momento da solicitação do resgate o valor permanece gerando rendimentos no fundo até que a cota seja convertida em valor financeiro (cotização). Após a cotização do movimento ocorre a liquidação do resgate (ou crédito em conta-corrente).
Exemplo: cliente fez um resgate total de R$ 30.000,00 dentro do horário em um fundo com cota de fechamento e regra de cotização de D+29 e pagamento em D+30 no dia 01/07/2020 com previsão de cotização para a data 30/07/2020 e pagamento no dia 31/07/2020. O valor de R$ 30.000,00 estimado no dia 01/07/2020 é baseado no valor da cota do dia útil anterior (última cota disponível). Com base nessas informações, o valor de resgate só será conhecido quando a cota do dia 30/07/2020 for divulgada. Como há um intervalo entre a data de solicitação e cotização, o valor do resgate pode sofrer alterações.

O que é saldo mínimo em fundos? 
O saldo mínimo em um fundo de investimento é o valor mínimo necessário para possibiltar a permanência dos recursos no fundo.

O que é o horário de movimentação em fundos? 
O horário de movimentação em fundos de investimento indica o prazo máximo para garantir o dia da solicitção da aplicação/resgate no cálculo de conversão de cotas. Movimentações realizadas após o horário de movimentação de um determinado fundo só serão consideradas no dia útil seguinte, impactando o cálculo de conversão de cotas.

O que é a conversão de cotas?
Conversão de cotas é o nome dado ao procedimento de cálculo, seja na aplicação ou resgate, do saldo a ser considerado na movimentação. Em outras palavras, há a conversão do valor aplicado em um número de cotas ou a conversão do número de cotas em um valor resgatado.

O que é cota de abertura? 
Fundos de investimento que possuem cota de abertura permitem que se saiba o valor da cota no início do dia, sendo que seu cálculo leva em consideração o valor do patrimônio líquido do fundo (PL) do dia anterior acrescido da variação da taxa DI de um dia. Este tipo de cota é aplicável somente a certas categorias de fundos de investimento, como por exemplo em alguns fundos DI.

O que é cota de fechamento? 
Fundos de investimento que possuem cota de fechamento indicam que o valor da cota é calculado ao final do dia, refletindo a variação ao longo do dia dos ativos que compõem a carteira do fundo. Este tipo de cota é o mais comum em fundos de investimento.

O que é taxa de administração? 
A taxa de adminsitração é a taxa que remunera o administrador e gestor do fundo de investimento pelos serviços prestados. Sua indicação está determinada em uma porcentagem do patrimônio líquido (PL) do fundo ao ano (% a.a). A cobrança da taxa de administração já está refletida no valor da cota do fundo, portanto não há a necessiade de provisionar recursos externos para cobrir este tipo de custo.

O que é taxa de performance? 
Caso esteja previsto no regulamento do fundo, pode ser auferia a taxa de performance, que indice sobre o excesso de rentabilidade do fundo com relação a um determinado índice de mercado previamente definido. Por exemplo, um fundo de ações pode utilizar como índice de referência o Ibovespa, portanto sua taxa de performance (caso haja) será refletida na rentabilidade que o fundo obteve acima do índice Ibovespa. Caso a rentabildiade do fundo não supere o índice de referência, não há a cobrança da taxa de performance. Da mesma forma que ocorre na taxa de administração, a cobraça da taxa de performance já está refletida no valor da cota do fundo, portanto não há a necessiade de provisionar recursos externos para cobrir este tipo de custo.

Onde encontro o CNPJ de um fundo? 
O CNPJ do fundo pode ser encontrado na lâmina mensal do fundo de investimento. Também é possível obter o CNPJ através do regulamento do fundo em questão.

Onde encontro o regulamento de um fundo? 
Os regulamentos atualizados são disponibilziados no site da CVM através do link https://cvmweb.cvm.gov.br/swb/default.asp?sg_sistema=fundosreg. A busca pode ser realizada pelo CNPJ ou pelo nome do fundo de investimento.

Por que a rentabildiade do fundo não aparece? 
Por questões regulamentais, só é permitida a divulgação da rentabilidade de um determinado fundo após o prazo de 6 meses de existência deste fundo. Entretanto, os valores das cotas são informações públicas, e podem ser consultadas no site da CVM através do link https://cvmweb.cvm.gov.br/swb/default.asp?sg_sistema=fundosreg. A busca pode ser realizada pelo CNPJ ou pelo nome do fundo de investimento.

O que é o come-cotas? 
O come-cotas é o nome dado a antecipação do recolhimento do Imposto de Renda sobre a valorização obtida em determinados fundos de investimento. Sua cobrança se dá semestralmente (no último dia útil de maio e no último dia útil de novembro) e é incidida sobre a valorização das cotas que o fundo obteve neste período. Em sua ocorrência, ocorre automaticamente um resgate do saldo do fundo (em cotas) equivalente ao valor de IR apurado no período. Sua alíquota é regressiva com base no prazo de aplicação e na categoria do fundo, conforme a tabela abaixo:

- Fundos de Curto Prazo:
             22,5% em aplicações que permanecem por até 180 dias
             20,0% em aplicações que permanecem 181 dias ou mais

- Fundos de Longo Prazo:
             22,5% em aplicações que permanecem por até 180 dias
             20,0% em aplicações que permanecem de 181 dias a 360 dias
             17,5% em aplicações que permanecem de 361 dias a 720 dias
             15,0% em aplicações que permanecem por 721 dias ou mais

O que é IOF em fundos de investimento? 
O IOF, ou Imposto sobre Operações Financeiras, é incidido sobre o lucro na valorização das cotas em resgates realizados antes de 30 dias após a aplicação no fundo. Sua alícota é calculada de forma regressiva, iniciando em 96% do lucro no primeiro dia após a aplicação, e diminuindo conforme o prazo se aproxima dos 30 dias, sendo zerada ao se atingir 30 dias de permanência no fundo.

O que é política de investimentos? 
A política de investimento em fundos descreve a forma como o gestor determina a aplicação dos recursos do fundo, e está descrita de forma completa no regulamento do fundo. Sua descrição engloba a classe de ativos que o fundo aplica, assim como os limites mínimos e máximos de concentração permitidos.

O que são fundos de terceiros? O que são fundos acesso?
Fundos de terceiros, fundos acesso ou fundos espelhos referem-se aos fundos de outras gestoras que distribuímos através da plataforma do Banco Santander.